quinta-feira, fevereiro 10, 2011

E assim vamos….


1- Anda tudo entupido. Os Srs. economistas que sabiam de tudo (e lutavam pelos seus regressos aos corredores do Poder), clamavam pelo FMI. Já!

Mas e até agora, Sócrates vem-lhes estragando as contas. Reina por aí um silêncio dos sepulcros.Agora,dizem, até já andam a ler o livro «Pequeno Almoço com Sócrates».

 
2- O PCP faz uma restolhada com a ameaça da moção de censura. Claro as coisas não estão sair tão mal como queriam e desejavam. E como «lutar» pelos trabalhadores? Ah!!! Disso sabem eles: - quanto pior melhor. Assim foi na URSS, na Checoslováquia etc. Etc. E agora na sua amada Coreia.Com amigos destes os trabalhadores estão feitos….Pois se ainda não chega - pensam - demos-lhes um governo de PP (Paulo & Passos). (que raio:- aquele tipo da Fenprof, parece-me quem? ando intrigado….tê-lo-ei visto num cartaz exibido no Egipto?).Está um frio dos diabos. É preciso mais fogo….( Isso…Bravo!!!).

3- O Sr. Professor chumba o decreto-lei que permitia, em certos e limitados casos, trocar o receitado por genérico, com evidentes ganhos para o comum dos mortais (o resto são chavões….neste caso nem sequer corporativos). Claro que o Sr. Presidente quer mostrar, que agora, a música é outra. E nada melhor que reprovar o que daqui a uns meses, tem a certeza que irá aprovar. O Sr. Presidente é muito coerente(!).

4- Viram por aí o Medina Carreira? Eu gostava de lhe perguntar se ele é capaz de acertar em quem será campeão de futebol, este ano. Que raio o homem sempre iria acertar pela primeira vez. Há sempre uma primeira.

5- Passos C. não me parece nada burro, ao contrário de uns diletantes que andam á sua volta, que confundem o mar com uma bacia de lavar as mãos. Uma coisa ele sabe: não há outra maneira de fazer o que tem que ser feito. E sabe que quem o está a fazer, não o está a fazer por gosto, mas pela simples razão de que estava no lugar errado quando o barco começou a meter água. Mas estava e não o abandonou.

Ora Passos C. até talvez esteja a pensar que a gaita pode não ser a moção de censura que se apregoa como certa. O que pode acontecer é que, tapados os rombos, o «Capitão» lhe apeteça desembarcar. O que são apoios agora, podem ser então, depois, agressões simétricas.

Aladino

Sem comentários:

De dúvida em dúvida...vamos aprendendo. Se há parte da História de Portugal que nos foi mal “vendida” nos bancos da Escola, foi a da ...