quinta-feira, abril 03, 2008

Saudades de mim, menino



Ai barcos, ai barcos

Triste é vosso negror,

Por onde ides navegar?

Que espreitais ?! ...

Pelo olho que levais na proa.

Ai amores, ai amores

Da ria amada,

Ai amores do verde pino…

Ai saudades de mim, menino,

Levai-me no vosso vagar.


Senos da Fonseca
(Março 2008)

Sem comentários:

De dúvida em dúvida...vamos aprendendo. Se há parte da História de Portugal que nos foi mal “vendida” nos bancos da Escola, foi a da ...