quarta-feira, outubro 10, 2007

Segunda-feira, 1 de Outubro de 2007


RIBAU ESTEVES APOSTOU NA CARTA CERTA


Não há que ter qualquer rebuço :Ribau Esteves ,foi um dos claros vencedores nas primárias de sexta feira p.p.A corrente populista ganhou sem margem para duvidas –e até partindo de uma situação desfavorável – o Partido .O que vai agora fazer com ele ,parece-me evidente .O PSD é um partido sem qualquer tipo de ideologia e foi fundado masis com o carisma das pessoas do que com o seguimento de uma qualquer ideologia .Os seus adeptos ,foram todo aquele grupo que receando chegar-se muito à direita –no período revolucionário – só sabiam não ser de esquerda. E só foi um grande partido quando uma dessas figuras (forte) emergiu para comandar o Partido .Mas agora abre-se uma nova fase :O partido vai ,manifestamente pretender apoiar-se no lobbies autárquicos. Que, não o podemos escamotear, é o mundo (mais) podre da corrupção instalada .Aberta a «caça» muitos se poderão destacar ; Meneses terá ao seu lado muitos a quererem colocar-se nos bicos dos pés. Constatada a possibilidade de ascensão dos autarcas aos primeiros lugares do Partido, o direito a sonhar é agora de muitos.E de entre estes Ribau Esteves está muito bem colocado para num descuido do actual camisola laranja, saltar do pelotão .A não ser….

----------------------------------------------------------------------------------------------

PLANTAR ÁRVORES ATÉ AO FIM …


A vida, senão nos negarmos a vivê-la com intensidade, traz-nos sempre surpresas agradáveis. O mundo dos afectos foi sempre para mim o primordial da vida .Gostava ,ao contrário do que a vida tantas vezes me impediu, de ter ido muito mais longe ,conhecendo pessoas que valia a pena serem conhecidas pelo que eram, e não por aquilo que exteriormente pareciam ser .Às vezes deslumbramo-nos com a paisagem com que a natureza nos colhe os sentidos .E deixamos que passem tantos ao nosso lado, sem dar conta deles.Seria bem melhor que olhássemos menos para a paisagem e mais para os que estão ali ao nosso lado, e nós, indiferentes,a não dar por eles.

ALADINO

Sem comentários:

De dúvida em dúvida...vamos aprendendo. Se há parte da História de Portugal que nos foi mal “vendida” nos bancos da Escola, foi a da ...